Participe do InfraFM Hospitais
 

Nova gerente de Facilities da Arezzo&CO assume desafio de estruturação da área

Juliana Zajaczkowski Abreu fala sobre início da carreira em hotelaria, novos desafios na varejista e impacto das enchentes no Rio Grande do Sul nas operações.

Por Natalia Gonçalves

Nova gerente de Facilities da Arezzo&CO assume desafio de estruturação da área

Quando Juliana Zajaczkowski Abreu se formou em Hotelaria, no final de 2007, não se ouvia falar em Facilities Management. Nascida em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, ela passou grande parte do início de carreira na cidade natal. Em 2016, para assumir a oportunidade de gerente de hospedagem do Hotel Yoo2, Abreu se mudou para o Rio de Janeiro, mas a estadia na capital fluminense durou cerca de um ano.

“Minha mãe estava enfrentando um primeiro câncer e senti a necessidade de estar mais perto. Voltei para a minha cidade natal de forma a acompanhá-la naquele momento difícil”, lembra a profissional. De volta a Porto Alegre, Juliana foi convidada por uma consultora de recolocação, através do LinkedIn, para se candidatar ao cargo de coordenadora de infraestrutura.

Ao pesquisar sobre as funções do cargo, percebeu similaridades com a área de hotelaria. Em maio de 2018, após sete meses fora do mercado de trabalho, assumiu a coordenação de Facilities da Melnick Even Incorporações e Construções, onde permaneceu por mais de quatro anos. Segundo Juliana, o maior desafio da função era transformar o escritório da empresa através do atendimento de alto padrão.


Um divisor na construção de carreira

Para a profissional, o início da carreira em Hotelaria possibilitou um olhar mais crítico em relação a qualidade dos serviços. “Sempre digo que Facilities Management é muito parecido com Hotelaria, só que não temos quartos para revisar, mas a engrenagem é muito similar. Isto é, desde as habilidades que envolvem o atendimento ao cliente, o gerenciamento de equipes, tanto próprias quanto terceiras, até a capacidade de solucionar problemas”, observa.

Em 2021, ainda na Melnick, Juliana protagonizou a transformação da área de Facilities Management dentro da empresa. Após um programa de mentoria organizacional, ela aprimorou as habilidades de liderança e as estratégias para elevar as entregas do time. “Foi neste período que a área de Facilities passou a ser vista de forma diferente dentro da empresa, não sendo apenas aquela que 'apaga incêndio', mas, sim, a que se preocupa com o bem-estar do colaborador e quer oferecer o melhor para o seu público interno e externo”, se recorda.

A partir de mentorias com uma colega da área de lançamentos da construtora, ela criou o Projeto Encantar, com o objetivo de implementar a mesma experiência do ato da compra no atendimento do escritório. Assim, em parceria com a área de Recursos Humanos, Juliana realizou palestras para as equipes de recepção, limpeza e estacionamento do escritório para enfatizar, principalmente, a importância da área de Facilities para o sucesso da empresa. Após o projeto, ela chegou a ouvir de colaboradores, com anos de empresa, que eles se sentiram reconhecidos. 

Além da participação da mudança na cultura da empresa, Juliana foi uma das responsáveis pela transformação física do escritório para transformá-lo em um ambiente mais atraente pós-pandemia de Covid-19. Com a perspectiva de FM, ela contribuiu, em conversas com o engenheiro e o arquiteto da obra, para o que poderia funcionar no dia a dia do escritório. “Então, eu participei de toda essa construção do projeto, desde a escolha de fornecedores de móveis até de alguns modelos de piso, por exemplo”, comenta.

Novos desafios na Arezzo&CO

No final do ano passado, Juliana soube sobre o processo seletivo para ocupar o cargo de Gerente de Facilities na Arezzo&CO e passou a pesquisar mais sobre a empresa. Em março deste ano, assumiu a nova função. “Na estrutura atual, a área de Facilities está dentro da área de Gente, fazendo com que o olhar ao colaborador venha muito mais forte e foi este um dos motivos que me fez querer muito fazer parte deste grupo”, afirma. Além de garantir o bom funcionamento das operações, Juliana deseja contribuir para um ambiente de trabalho seguro, eficiente e motivador, que promova o sucesso global da companhia. 

“Hoje, a empresa tem uma gerente que cuida de compras e eu que cuido de Facilities, cada uma com seus escopos separados. Assim, conseguimos dar celeridade para alguns processos”, ressalta Juliana. Uma das missões da nova gerente, neste sentido, é mapear todos os processos e criar sinergia entre os coordenadores de outros escritórios. Atualmente, a Arezzo&CO possui 12 marcas e está presente em todos os estados brasileiros, com mais de 900 lojas.

Há mais de duas semanas em home office, devido à situação de calamidade no Rio Grande do Sul, Juliana interrompeu a rotina de visitas a unidades da empresa. O escritório da Arezzo&CO, localizado na cidade de Campo Bom, se transformou em um grande centro de doações, sendo acessado somente por colaboradores que moram próximo ao local. Além de iniciativas para auxiliar os funcionários que foram impactados diretamente pelas enchentes, a empresa incentiva a realização de mutirões de limpeza nas casas dos colaboradores.

Para muitos profissionais, enfatiza Juliana, a pandemia de Covid-19 foi o momento mais difícil tanto do aspecto profissional quanto pessoal: “mas na pandemia tínhamos nossas casas, onde era possível sentir-se seguro. Agora, muitos perderam as casas nas enchentes”. Dentro da área de Recursos Humanos, a gerente de Facilities destaca o compromisso da companhia em acolher e apoiar os funcionários. Apesar da área de Facilities Management não ser o coração da empresa, como explica Juliana, ela é um apoio para que o coração possa continuar a pulsar. 


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Tendências de ESG em Hospitais

Mais lidas da semana

Operações

Cinco passos para humanizar a gestão de terceirizados

Wellington Idalino da Silva, coordenador de manutenção e professor de Facilities Management, explora benefícios da gestão mais estratégica e humanizada.

Workplace

Como Mercado Livre reinventou espaço de trabalho com conceito híbrido

Manager of Real Estate da empresa compartilha detalhes da reforma da Melicidade.

Operações

Método de incorporação dos critérios ESG nos processos decisórios

Apesar de convergências, ainda não há consenso sobre o que priorizar nos critérios de ESG. Leia o segundo artigo da série "A corda bamba do ESG.

Mercado

Conheça como a Toyota revoluciona área de Facilities Management

Nova Head de Facilities da multinacional fala sobre cases da carreira e novos desafios.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

Legado para os brasileiros e para o planeta

Diretor Executivo do Centro de Serviços Compartilhados da Globo compartilha insights sobre inovação.

Revista InfraFM

Center Norte investe em expansão, novas tecnologias e certificação ISO 41001

Em entrevista exclusiva, equipe de Facilities Management e de Projetos da Cidade Center Norte fala sobre desafios do processo de modernização.

Revista InfraFM

Por qual ângulo devemos enxergar as fazendas verticais?

Conceito chamou a atenção na metade da década passada, mas a empolgação vingou?

Revista InfraFM

Novo escritório da Sabesp aposta em espaços abertos e integrados

Saiba como o projeto atende novas demandas, com espaços para descompressão, reuniões rápidas e informais.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP