Participe do InfraFM Hospitais
 

Analista aproxima FM de decisões estratégicas em indústria

Jucimara Carvalho, analista de Facilities da CATA, fala sobre otimização da operação e formatação da área de Facilities Management.

Por Natalia Gonçalves

Analista aproxima FM de decisões estratégicas em indústria

Com cerca de dois mil funcionários, a CATA atua no mercado têxtil, como empresa de embalagens para alimentos e fertilizantes, desde 1962. Fundada em Belém do Pará, região Norte do país, hoje a companhia possui duas fábricas na Bahia, em Camaçari e Mata de São João. Apesar do tempo de companhia, a transição da área de Facilities Management (FM) é recente. Quando Jucimara Carvalho integrou o quadro de funcionários da CATA, em outubro de 2020, ela encarou o desafio de aproximar FM das decisões estratégicas.

"Entrei para atuar na gestão de contratos, mas a função não era reconhecida como Facilities. De certa forma, ainda era muito operacional", se lembra Carvalho. De acordo com ela, a partir dos conhecimentos acumulados em outras oportunidades, foi possível formatar a área de Facilities e torná-la reconhecida dentro da organização.

Dentro do escopo de Facilities Management da CATA existe a gestão de táxi, fretamento, manutenção predial, limpeza e conservação, refeitório, portaria e segurança patrimonial. Em 2020, ano em que Jucimara começou na empresa, FM também era responsável por plano de saúde, assistência médica e assistência odontológica.

“Só que chegou uma hora que o escopo não comportava mais benefícios, então precisei que a área de DP (Departamento Pessoal) reassumisse essa parte de benefícios para, justamente, ter um gerenciamento melhor dos outros serviços”, afirma a analista. Cada serviço, ressalta Jucimara, é um universo e, para sair da perspectiva operacional e aproximar-se de uma posição estratégica, a área de FM precisava otimizar as tarefas do dia a dia.

Uma das iniciativas para otimização da operação, neste sentido, foi a criação de um canal para abertura de chamados. Conforme a profissional, antes da padronização de chamados dentro das fábricas, o tempo gasto para atender aos colaboradores prejudicava a realização de outras tarefas. Hoje, existe uma ordem de prioridade dentro de FM, padronização dos prazos de resposta e 100% de retorno aos funcionários.

A operação da CATA funciona na escala 24x7 e, segundo Jucimara, os colaboradores que trabalhavam fora do horário comercial tinham menos contato e engajamento com a equipe de Facilities Management. Contudo, mapear as insatisfações no chão de fábrica é, como explica a profissional, fundamental: “então, a facilitação da abertura de chamados colabora para a escuta ativa e de maior possibilidade de retorno”.

Desta forma, outra ação para compreender as dores dos colaboradores é a realização de rondas no chão de fábrica e no entorno. Os líderes de serviços das fábricas se reportam à Jucimara, que também realiza o acompanhamento presencial das operações com certa frequência. “Eu não consigo conceber uma pessoa de Facilities não conhecer a fábrica, a gente precisa desse contato”, observa Jucimara. Com o objetivo de realizar melhorias contínuas, os dados são utilizados para análises de satisfação dos colaboradores.

A formatação de relatórios gerenciais, como destaca Jucimara, é uma tarefa que contribui para as negociações contratuais, mas também na criação de indicadores necessários. Além da responsabilidade de otimizar a operação, a analista enxerga a ligação direta de FM com o bem-estar dos clientes internos, por isso ela enfatiza a importância dos operadores de limpeza para o sucesso do negócio.  


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Tendências de ESG em Hospitais

Mais lidas da semana

Operações

Cinco passos para humanizar a gestão de terceirizados

Wellington Idalino da Silva, coordenador de manutenção e professor de Facilities Management, explora benefícios da gestão mais estratégica e humanizada.

Workplace

Como Mercado Livre reinventou espaço de trabalho com conceito híbrido

Manager of Real Estate da empresa compartilha detalhes da reforma da Melicidade.

Operações

Método de incorporação dos critérios ESG nos processos decisórios

Apesar de convergências, ainda não há consenso sobre o que priorizar nos critérios de ESG. Leia o segundo artigo da série "A corda bamba do ESG.

Mercado

Conheça como a Toyota revoluciona área de Facilities Management

Nova Head de Facilities da multinacional fala sobre cases da carreira e novos desafios.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

Legado para os brasileiros e para o planeta

Diretor Executivo do Centro de Serviços Compartilhados da Globo compartilha insights sobre inovação.

Revista InfraFM

Center Norte investe em expansão, novas tecnologias e certificação ISO 41001

Em entrevista exclusiva, equipe de Facilities Management e de Projetos da Cidade Center Norte fala sobre desafios do processo de modernização.

Revista InfraFM

Por qual ângulo devemos enxergar as fazendas verticais?

Conceito chamou a atenção na metade da década passada, mas a empolgação vingou?

Revista InfraFM

Novo escritório da Sabesp aposta em espaços abertos e integrados

Saiba como o projeto atende novas demandas, com espaços para descompressão, reuniões rápidas e informais.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP