Gestão de Portfólio Imobiliário
 

Como a IA está revolucionando canteiros de obras?

Tecnologia está promovendo avanços significativos nas construções.

Canteiros de obras modernizados

Foto: Canva.com/ boonchoke

A segurança de um canteiro de obras deve vir mesmo antes de estas começarem. Um projeto de construção precisa levar em consideração todos os riscos, sejam eles riscos para os colaboradores, para as estruturas ao redor, ou até mesmo para o próprio espaço em que a construção será erguida.

Por conta disso, cada vez mais obras estão investindo em sistemas modernos de segurança por vídeo com IA integrada para monitorar suas operações de construção, uma tendência que está rapidamente ganhando popularidade no país: 30% das obras da MRV pelo Brasil utilizam essa tecnologia.

Um caso recente que ilustra bem essa mudança é o da MRV, a maior construtora da América Latina, que contratou a WeSafer, uma unidade digital independente da Avantia, para criar um projeto de segurança digital por vídeo. A iniciativa gerou uma significativa redução de gastos para a empresa, além de proporcionar mais segurança e melhor desempenho na operação.

Após análises, constatou-se que o escopo do projeto deveria ser ampliado para abranger pontos críticos. Assim, o que seria apenas um sistema de videomonitoramento logo se tornou uma oferta completa com três pontos críticos que cobriam o canteiro de obras, o almoxarifado e a sala do engenheiro. Todas as facetas da segurança foram consideradas, desde a cultura organizacional, com a educação dos colaboradores da empresa sobre o cuidado com objetos de alto valor, até a criação de uma cartilha para a adequação de padrões a serem seguidos dentro da empresa.

Modernidade nas obras: qual o papel das IAs?

Os canteiros de obras foram modernizados com a IA sendo utilizada nas imagens e sensores, proporcionando uma camada adicional de segurança contra possíveis perdas de materiais de construção, máquinas, computadores dos engenheiros, etc. A solução também abrange contingências para quedas de energia e falhas na comunicação. Mesmo em situações de ausência de energia elétrica, os sensores ainda são capazes de enviar informações por até 72 horas.

"Nosso foco está em proteger o local, ou seja, prevenir as perdas utilizando tecnologia de ponta para elevar a segurança a um patamar preventivo e inibir possíveis violações. Através da parceria com a MRV, estamos revolucionando os padrões de segurança e implementando um modelo padronizado corporativo na construção civil", comenta Alexandre Chaves, diretor de novos negócios e estratégias da Avantia.

A solução também teve impacto no que diz respeito aos contratos com as seguradoras. Anteriormente, era exigido um investimento em segurança armada, mas a segurança eletrônica passou a ser aceita também como uma ferramenta importante de proteção, reduzindo os custos significativamente e causando uma queda nas tentativas de roubo, com 40 incidentes evitados em 2023.

Julio Cesar Guimarães de Freitas, coordenador de segurança corporativa da MRV, relata que "em seus 44 anos de trajetória, a MRV nunca havia investido de forma tão substancial na área de proteção contra perdas. A introdução da segurança remota demonstra que a tecnologia veio para inibir ocorrências, sendo um componente essencial na estratégia de segurança".


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Rafael Denardin

Mais lidas da semana

Operações

Como a indústria pode se beneficiar das novas tecnologias?

Facility Managers da Bosch e Eurofarma compartilham cases de otimização e eficiência energética no RL Conecta.

Carreira

Nova especialista em FM da Raízen começou a carreira em alimentação

Conheça a trajetória de Aline Cardoso Amá e garanta insights sobre transição de carreira.

UrbanFM

Por que pensar na experiência do usuário? De biblioteca a planejamento urbano

Como arquitetura impacta o comportamento humano para além das paredes dos prédios. Garanta insights sobre projetos personalizados e criação de espaços urbanos de alta qualidade.

Operações

Como um pequeno dispositivo pode acabar com ruídos operacionais e prever afastamentos

Novas soluções podem revolucionar o mercado de Facilities Services.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

25 anos de inovação em FM e minha caminhada com a InfraFM

Aleksander Correa Gomes, Facility Manager na IBM, compartilha como entrou para o universo de FM.

Revista InfraFM

Um caminho gratificante e desafiador em 24 anos na CBRE

Alessandro do Carmo, General Director na CBRE, compartilha desafios da jornada de mais de duas décadas em multinacional.

Revista InfraFM

O Facilities Management como meio de cuidado e de segurança aos pacientes

Alexandre Abdo Agamme, gerente de Infraestrutura do Hospital Edmundo Vasconcelos, fala sobre experiência no segmento hospitalar.

Revista InfraFM

Como a escuta ativa das equipes eleva o desempenho de FM acima dos números

Ana Paula Cassago, especialista em Facility e Workplace Management na JLL, destaca importância da formação de lideranças no setor.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP