Banner Expo 3 razões
 

Emblemático Edifício 7 de Abril passará por retrofit

A Metaforma Incorporadora assume a revitalização arquitetônica e urbanística do emblemático Edifício 7 de Abril, inaugurado em 1939 no centro de São Paulo.

Foto: Divulgação

Em um movimento de ressignificação dos prédios, a Metaforma Incorporadora assume a revitalização arquitetônica e urbanística do emblemático Edifício 7 de Abril, inaugurado em 1939 no centro de São Paulo, com projeto realizado pelo consagrado Escritório Técnico Ramos de Azevedo & Severo Villares, considerado o maior e mais moderno escritório de arquitetura da cidade de São Paulo, entre a última década do século XIX e as três primeiras décadas do século XX.

Como tantos outros prédios corporativos que alavancaram o progresso da capital paulista no passado, o projeto de retrofit do novo empreendimento requalificará o edifício que conecta as ruas Sete de Abril e Basílio da Gama, edificação que abrigou a história da telecomunicação nacional, desde sua inauguração como sede da Companhia Telefônica Brasileira (CTB), até a era dos grandes grupos de telefonia, como a Telesp e as multinacionais Vivo e Claro. O retrofit representará o lançamento do condomínio “Basilio 177” com 274 apartamentos.

Em consonância aos valores de Governança Corporativa do modelo de gestão ESG -Environmental, Social and Governance, a Metaforma realiza seu compromisso de boas práticas voltadas à construção de soluções para o desenvolvimento sustentável. Ao incorporar o retrofit em sua essência, a empresa atuará como agente transformador, visando contribuir e proporcionar qualidade de vida, individual e coletiva. De forma circular, promove conexões atemporais com o cidadão e a cidade, com impactos positivos econômico-sociais.

No protagonismo do retrofit, a iniciativa tem como missão preservar a identidade e a herança cultural da edificação. Ao reutilizar de forma criativa as bases originais, implementa soluções tecnológicas para a melhoria e modernização de suas estruturas, a fim de proporcionar espaços residenciais e comerciais promovendo o bem-estar.

Foto: Divulgação
Da esquerda para a direita: Bruno Scacchetti, Fabio Mota e Maurício Arruda.

A Metaforma escolheu projetistas renomados para assinarem o projeto arquitetônico do retrofit. Os mais de 35 mil m² de área construída e 22.400 m² de área privativa, estão a cargo do escritório Metro Arquitetos - dirigido por Gustavo Cedroni e Martin Corullon - responsável por importantes obras com o mestre Paulo Mendes da Rocha, além da ampliação e reforma do MASP. Com projetos premiados no Brasil e no exterior, a Metro projetou um condomínio com 274 apartamentos de diferentes tipologias, distribuídos em três torres, sendo dois retrofits, além de realizar intervenções para acomodar espaços comerciais, áreas de lazer, praça central arborizada, piscina na cobertura, academia, espaço gourmet e coworking, dentre outros diferenciais exclusivos para os moradores. Para as áreas comuns e as plantas dos apartamentos decorados, a incorporadora convidou a Todos Arquitetura, escritório liderado por Maurício Arruda e Fábio Mota, especializado em interiores, cenografia e Branding 3D.

O paisagismo terá assinatura da Cardim Arquitetura Paisagística, de Ricardo Cardim, que trará elementos da vegetação nativa que ocupou o centro de São Paulo há 300 anos, formadas por espécies atrativas aos pássaros, com grande potencial em benefícios ambientais, ao impactar positivamente na saúde física e psicológica de todos, além de formar um ambiente muito agradável ao estar e à contemplação. Entre os destaques está um Jequitibá Rosa que será plantado na sua praça central, um “monumento-verde” que poderá viver séculos e que poderá ser admirado pelos moradores de suas janelas, além do rooftop, com uma praça suspensa, cheia de “Mata Atlântica” e gramados com uma vista da metrópole de tirar o fôlego. Por fim, a Rocontec é a construtora responsável pela engenharia e obra do empreendimento.

Com a proposta de reintegrar as pessoas à cidade, de forma agradável e segura, o andar térreo do edifício principal estará interligado por uma ampla galeria que conectará a tranquila rua Basílio da Gama com a Sete de Abril. O espaço aberto ao público terá lojas e restaurantes comandados por renomados chefs de cozinha e arte. As três torres residenciais terão entrada única pela rua Basílio da Gama. O estacionamento existente embaixo do prédio principal será ampliado para estender o conforto do condomínio através de um Hub de Mobilidade.

 Na adaptação dos espaços antes corporativos para os futuros residenciais, muitos materiais estão sendo removidos para revelar os elementos originais de valor histórico que serão preservados na obra, como os janelões de 2,60m de altura com caixilhos de ferro aparecerão por inteiro depois de retirado o antigo forro do teto e o pé-direito ficará com aproximadamente 4,20m nos apartamentos, sem as várias camadas de pisos instaladas no decorrer dos anos. “Identificamos diversos materiais e equipamentos que serão resgatados e preservados no empreendimento pelo seu valor estético e cultural, “contando” sua história para quem ali morar ou passar. Além disso estamos aplicando toda tecnologia disponível para garantir a melhor qualidade construtiva e manutenção do edifício para os futuros moradores”, explica o engenheiro civil Bruno Scacchetti, fundador e diretor executivo da incorporadora METAFORMA.


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Grade do Congresso

Mais lidas da semana

Operações

Nove ações do Hcor para manter ISO 14001 e reduzir impactos ambientais

Coordenadora de Meio Ambiente do hospital, Andréia Azevedo, fala sobre ações tomadas para manutenção da norma e resultados obtidos na operação.

Workplace

Precisamos rever o conceito de "escritório"?

Mesa Redonda da MIllerKnoll discutiu o impacto do ambiente de trabalho no psicológico dos colaboradores.

Mercado

Auri Faria Lima: desde compra dos terrenos até construção de quase 14 mil m² de área locável

Renato Auriemo compartilha jornada de 10 anos entre planejamento e finalização da obra, assim como a conquista das certificações LEED Gold e HBC do empreendimento inteligente.

Mercado

Novo diretor de operações da Cushman&Wakefield fala sobre atuação generalista

Rodrigo Costev compartilha perspectivas sobre o mercado de FM e lembra início da carreira.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

Ajinomoto: inovação e sustentabilidade na gestão de FM

Leonardo Kazuo Sato, da Ajinomoto, revela algumas estratégias e compromissos de sua área que promovem inovação e sustentabilidade.

Revista InfraFM

Perspectivas de mercado para 2024

Resultados de 2023 e síntese das perspectivas do empresariado e economia, com ênfase na conscientização crescente sobre tecnologia e agenda ESG.

Revista InfraFM

Uma noite de celebração e reconhecimento

O impacto transformador do 9º Prêmio Indicados InfraFM 2023, que reconhece, molda os padrões e inspira a excelência em toda a comunidade de FM.

Revista InfraFM

Transformação Sustentável na DuPont

Daniela Galante nos mostra como as certificações LEED Gold e Well Platinum, na nova sede da companhia, refletem os valores da DuPont e impactam positivamente nos negócios.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP