Gestão de Portfólio Imobiliário
 

Livro para expandir horizontes do conhecimento e da imaginação em FM

E os malefícios da dedicação às redes sociais para a saúde

Por Léa Lobo

Livro para expandir horizontes do conhecimento e da imaginação em FM

Foto: Divulgação

Em um mundo cada vez mais conectado, o tempo gasto em redes sociais tem alcançado patamares alarmantes, especialmente no Brasil, onde o tempo médio diário chega a 3 horas e 46 minutos. Este número, que vem crescendo significativamente, coloca o país como um dos maiores consumidores de mídia social no mundo.

Paralelamente, observa-se um declínio preocupante no hábito da leitura, com o exemplo do americano médio dedicando meros 16 minutos diários a essa atividade. Estes hábitos refletem não apenas uma mudança cultural, mas também trazem implicações sérias para a saúde física e mental.

Os malefícios do uso excessivo das redes sociais são vastos e preocupantes. Problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão, têm sido associados ao consumo intensivo dessas plataformas, afetando diretamente a autoestima e o bem-estar dos usuários. Distúrbios do sono, falta de concentração e problemas de aprendizagem também são consequências diretas dessa superexposição, sem contar os problemas de saúde física decorrentes de um estilo de vida mais sedentário.

O contraste entre o tempo gasto em redes sociais e televisão e o dedicado à leitura é particularmente notório. Enquanto as telas dominam a maior parte do tempo livre das pessoas, a leitura ocupa uma fração minúscula, correspondendo a apenas 5,31% do tempo total de lazer. Este desequilíbrio tem implicações profundas não apenas para o desenvolvimento individual, mas também para a sociedade como um todo.

A leitura, diferentemente do consumo passivo de conteúdo em redes sociais e televisão, oferece benefícios substanciais para o desenvolvimento cognitivo, a compreensão linguística, a capacidade imaginativa e as habilidades de pensamento crítico. A imersão em um livro estimula a mente de maneiras que a passividade das telas simplesmente não consegue replicar.

Além dos benefícios individuais, a leitura contribui para a formação de uma sociedade mais informada, crítica e empática. Os livros têm o poder de transportar seus leitores para diferentes culturas e pontos de vista, ampliando horizontes e promovendo um entendimento mais profundo do mundo ao redor.

Diante desses fatos, torna-se claro que uma mudança de hábitos é necessária. Reduzir o tempo gasto em redes sociais e reavivar o interesse pela leitura são passos cruciais para mitigar os efeitos nocivos da superexposição digital e fomentar o desenvolvimento pessoal e social.

A conscientização sobre os malefícios do uso excessivo das redes sociais e a valorização da leitura como uma atividade enriquecedora são fundamentais para promover um futuro mais saudável e intelectualmente estimulante.

Portanto, é essencial que indivíduos, educadores e formuladores de políticas trabalhem juntos para incentivar hábitos mais saudáveis e construtivos, substituindo o tempo perdido em telas por momentos dedicados à leitura e ao aprendizado. Apenas assim poderemos garantir o bem-estar físico e mental das gerações atuais e futuras, cultivando uma sociedade mais informada, reflexiva e capacitada.

Aproveito para recomendar o livro Facilities @ Management, que traz um conteúdo que abre as portas para o mundo fascinante do FM, narrado por 53 profissionais de todos os cantos do planeta. Isso mesmo, incluindo o Facility Manager, Aleksander Gomes da IBM, que compartilha sua jornada inspiradora sobre como mergulhou de cabeça no universo desta importante atividade.

A publicação nos leva por uma viagem no tempo, explorando a história da profissão de FM e nos atualiza com tópicos super relevantes - pense em globalização, sustentabilidade, avanços tecnológicos e como o FM se encaixa perfeitamente no complexo mundo dos negócios. Recomendo!



Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Rafael Denardin

Mais lidas da semana

Operações

Como a indústria pode se beneficiar das novas tecnologias?

Facility Managers da Bosch e Eurofarma compartilham cases de otimização e eficiência energética no RL Conecta.

Carreira

Nova especialista em FM da Raízen começou a carreira em alimentação

Conheça a trajetória de Aline Cardoso Amá e garanta insights sobre transição de carreira.

UrbanFM

Por que pensar na experiência do usuário? De biblioteca a planejamento urbano

Como arquitetura impacta o comportamento humano para além das paredes dos prédios. Garanta insights sobre projetos personalizados e criação de espaços urbanos de alta qualidade.

Operações

Como um pequeno dispositivo pode acabar com ruídos operacionais e prever afastamentos

Novas soluções podem revolucionar o mercado de Facilities Services.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

25 anos de inovação em FM e minha caminhada com a InfraFM

Aleksander Correa Gomes, Facility Manager na IBM, compartilha como entrou para o universo de FM.

Revista InfraFM

Um caminho gratificante e desafiador em 24 anos na CBRE

Alessandro do Carmo, General Director na CBRE, compartilha desafios da jornada de mais de duas décadas em multinacional.

Revista InfraFM

O Facilities Management como meio de cuidado e de segurança aos pacientes

Alexandre Abdo Agamme, gerente de Infraestrutura do Hospital Edmundo Vasconcelos, fala sobre experiência no segmento hospitalar.

Revista InfraFM

Como a escuta ativa das equipes eleva o desempenho de FM acima dos números

Ana Paula Cassago, especialista em Facility e Workplace Management na JLL, destaca importância da formação de lideranças no setor.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP