Participe do InfraFM Hospitais
 

Novo maior supercomputador da América Latina

Dispositivo utilizará algoritmos estratégicos para otimizar a exploração de petróleo e gás natural

A TIVIT, multinacional brasileira e one stop shop de tecnologia, anuncia o início da operação do novo maior supercomputador da América Latina, que estará voltado para o atendimento das necessidades de processamento de dados geofísicos da principal empresa brasileira de petróleo e seus derivados. Outro objetivo da máquina será contribuir para programas estratégicos da petroleira, como o início da produção de um campo de extração.

A expectativa é que ele tenha desempenho superior em comparação com o atual maior supercomputador, que ganhou esse título no ranking Top500, sendo também operado pela TIVIT em seus ambientes. Essa confirmação só se dará depois que forem rodados os chamados "benchmarks de medição", uma combinação de indicadores de referência do mercado que testam diversos atributos comprovadores do alto desempenho de um supercomputador.

"Nesse novo supercomputador, serão utilizados algoritmos desenvolvidos pelos geofísicos e analistas de sistemas do nosso cliente a fim de gerar imagens da subsuperfície com maior resolução em áreas de interesse para exploração de petróleo e gás natural, otimização da produção, redução do tempo de processamento de dados e ganho de assertividade na exploração do poço", explica Valdinei Cornatione, Diretor-Executivo e Head de Technology Platforms da TIVIT. "O que se busca é permitir ao nosso cliente economia operacional e eficiência no dia a dia", completa, observando que o contrato com a companhia, iniciado em 2019, tem duração de dez anos.

A TIVIT fornece a infraestrutura e conectividade desses supercomputadores que contribuem para a viabilização de projetos estratégicos da petroleira, como garantir 100% de precisão durante a escavação do poço para extração de petróleo, diminuindo assim os custos da operação e aumentando sua eficiência. Qualquer desvio ou erro na perfuração pode custar bilhões de dólares, motivo pelo qual é tão importante a análise de dados geológicos e geofísicos possibilitada pelos supercomputadores. A capacidade de processamento geofísico instalado na TIVIT tem, ainda, papel relevante no trabalho de extração do primeiro barril de petróleo dentro de mil dias após sua descoberta - a média é de três mil dias.

Para viabilizar o novo supercomputador, a TIVIT investiu fortemente na ampliação do ambiente, tendo como principais desafios o desenvolvimento de um projeto de refrigeração que pudesse atender à enorme dissipação de calor do novo equipamento e o prazo de entrega de 200 dias. A infraestrutura de datacenter (como espaço, energia, refrigeração, rede de dados, segurança física e redundância) é operada pela mão de obra especializada da TIVIT, que mantém um ambiente de missão crítica do porte e da complexidade demandados por uma companhia líder de mercado na extração de petróleo. "Para a importação dos equipamentos, enfrentamos uma série de desafios logísticos causados pela conjuntura geopolítica, marcada pelo conflito entre Rússia e Ucrânia, além da continuidade da Covid-19", diz Valdinei. 

Foto: Divulgação. 


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Tendências de ESG em Hospitais

Mais lidas da semana

Operações

Cinco passos para humanizar a gestão de terceirizados

Wellington Idalino da Silva, coordenador de manutenção e professor de Facilities Management, explora benefícios da gestão mais estratégica e humanizada.

Workplace

Como Mercado Livre reinventou espaço de trabalho com conceito híbrido

Manager of Real Estate da empresa compartilha detalhes da reforma da Melicidade.

Operações

Método de incorporação dos critérios ESG nos processos decisórios

Apesar de convergências, ainda não há consenso sobre o que priorizar nos critérios de ESG. Leia o segundo artigo da série "A corda bamba do ESG.

Mercado

Conheça como a Toyota revoluciona área de Facilities Management

Nova Head de Facilities da multinacional fala sobre cases da carreira e novos desafios.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

Legado para os brasileiros e para o planeta

Diretor Executivo do Centro de Serviços Compartilhados da Globo compartilha insights sobre inovação.

Revista InfraFM

Center Norte investe em expansão, novas tecnologias e certificação ISO 41001

Em entrevista exclusiva, equipe de Facilities Management e de Projetos da Cidade Center Norte fala sobre desafios do processo de modernização.

Revista InfraFM

Por qual ângulo devemos enxergar as fazendas verticais?

Conceito chamou a atenção na metade da década passada, mas a empolgação vingou?

Revista InfraFM

Novo escritório da Sabesp aposta em espaços abertos e integrados

Saiba como o projeto atende novas demandas, com espaços para descompressão, reuniões rápidas e informais.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP