Banner Expo 3 razões
 

Retorno ao presencial com escolha do horário do expediente?

Confira o nível de satisfação com o modelo híbrido ao redor do mundo, segundo pesquisa realizada pela Sodexo On-site.

Por Natalia Gonçalves

Dois a cada dez funcionários retornariam ao presencial com possibilidade de escolher horário do expediente

Foto: Canva.com/ Instaphotos


Desde a pandemia da Covid-19, ocorre a discussão sobre a ressignificação dos espaços de trabalho. Durante o lockdown, o maior desafio dos profissionais de Facility Management era acomodar os colaboradores em home office. Atualmente, com o retorno ao presencial e a adoção do modelo híbrido, o desafio está em tornar os escritórios atraentes e repensar a ocupação desses espaços.

De acordo com a pesquisa realizada pela Sodexo On-site, 31% dos clientes internos entendem o conforto no ambiente de trabalho como fundamental para intensificar as atividades presenciais na empresa. O estudo, chamado “A Experiência da Vida no Trabalho”, entrevistou 5.595 profissionais que atuam em empresas de diferentes setores, em seis países: França, Reino Unido, Estados Unidos, Brasil, China e Índia.

Ainda segundo o estudo, quase 70% dos entrevistados brasileiros estão satisfeitos com o modelo híbrido, sendo este número acima da média mundial (64%). Além disso, os entrevistados apresentaram a disposição para aumentar a presença no escritório, caso as empresas estiverem dispostas a oferecer:

- Flexibilidade;
- Ambientes mais confortáveis que favoreçam a troca e o aprendizado com colegas; 
- Espaços que permitam a concentração e serviços de alimentação.

Quais são os fatores determinantes para o retorno ao presencial?

No Brasil, 54% dos participantes da pesquisa adotam o modelo híbrido de trabalho, com média de dois dias por semana em home office. Um fator determinante para o retorno ao presencial, segundo 31% dos entrevistados, seria a criação de ambientes mais confortáveis, incluindo estações de trabalho ergonômicas, qualidade do ar, temperatura e iluminação adequadas.

Outros motivos levantados:

- 29% anseiam por melhores equipamentos e serviços de TI como boa conexão à internet, impressoras, tela de computador; 
- 22% esperam por áreas silenciosas para foco em atividades individuais; 
- 21% retornariam se pudessem escolher o horário do expediente; 
- 18% se soubessem quais colegas trabalhos estarão presentes;
- 14% se o transporte e a alimentação fossem gratuitos ou subsidiados. 


Por que investir em soluções customizadas?

Para Danielle Totti, vice-presidente de estratégia, marketing, comercial e performance da Sodexo On-site, as pessoas estão mais dispostas a irem presencialmente aos locais de trabalho, mas para continuar atraindo os profissionais, as empresas precisam proporcionar experiências de alto nível em relação a estrutura física, que favoreçam a colaboração, a socialização e o foco.

“As soluções que atendem às necessidades reais dos negócios e, ao mesmo tempo, ajudam a aprimorar a conexão, a produtividade e o bem-estar das pessoas durante a sua jornada dentro da empresa são diferenciais importantes diante das novas configurações do mundo do trabalho, além de contribuir para aumentar o engajamento e a permanência dos talentos junto aos seus empregadores”, afirma Totti.

Os resultados do estudo “A Experiência da Vida no Trabalho” indicam novas prioridades em termos de ambiente de trabalho. Desta forma, as empresas que oferecem serviços de alimentação e Facilities têm levado soluções customizadas às necessidades de cada perfil de negócio e público que, além relevantes para as empresas cuidam doa talentos, fortalecem a cultura organizacional.  


Veja também

Conteúdos que gostaríamos de sugerir para a sua leitura.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Faça uma busca


Grade do Congresso

Mais lidas da semana

Operações

Nove ações do Hcor para manter ISO 14001 e reduzir impactos ambientais

Coordenadora de Meio Ambiente do hospital, Andréia Azevedo, fala sobre ações tomadas para manutenção da norma e resultados obtidos na operação.

Workplace

Precisamos rever o conceito de "escritório"?

Mesa Redonda da MIllerKnoll discutiu o impacto do ambiente de trabalho no psicológico dos colaboradores.

Mercado

Auri Faria Lima: desde compra dos terrenos até construção de quase 14 mil m² de área locável

Renato Auriemo compartilha jornada de 10 anos entre planejamento e finalização da obra, assim como a conquista das certificações LEED Gold e HBC do empreendimento inteligente.

Mercado

Novo diretor de operações da Cushman&Wakefield fala sobre atuação generalista

Rodrigo Costev compartilha perspectivas sobre o mercado de FM e lembra início da carreira.

Sugestões da Redação

Revista InfraFM

Ajinomoto: inovação e sustentabilidade na gestão de FM

Leonardo Kazuo Sato, da Ajinomoto, revela algumas estratégias e compromissos de sua área que promovem inovação e sustentabilidade.

Revista InfraFM

Perspectivas de mercado para 2024

Resultados de 2023 e síntese das perspectivas do empresariado e economia, com ênfase na conscientização crescente sobre tecnologia e agenda ESG.

Revista InfraFM

Uma noite de celebração e reconhecimento

O impacto transformador do 9º Prêmio Indicados InfraFM 2023, que reconhece, molda os padrões e inspira a excelência em toda a comunidade de FM.

Revista InfraFM

Transformação Sustentável na DuPont

Daniela Galante nos mostra como as certificações LEED Gold e Well Platinum, na nova sede da companhia, refletem os valores da DuPont e impactam positivamente nos negócios.

 
Dúvidas sobre os EVENTOS?
Fale com a nossa equipe pelo WhatsAPP