Tendência de mais projetos em infraestrutura indica urgência de transformação digital

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Tendência de mais projetos em infraestrutura indica urgência de transformação digital

Otimização na operação de ativos e maximização do retorno CAPEX estão entre as prioridades do momento, segundo pesquisa da Deloitte

A pesquisa "Agenda 2021", realizada pela Deloitte e finalizada em 2020, revelou que mesmo durante a crise gerada pela pandemia da Covid-19 as empresas brasileiras aumentaram seus investimentos em tecnologia e infraestrutura, apostando em novos equipamentos, serviços de TI, diferentes soluções e softwares de gestão, segurança digital e um aprimoramento dos canais digitais de atendimento ao consumidor, durante o ano.

Para 2021, o estudo também indicou que as empresas ampliarão ou continuarão a investir nessas frentes. Segundo a pesquisa, mais de 60% das empresas que faturam mais de R$ 250 milhões investirão em ações de Pesquisa & Desenvolvimento e parcerias com startups, pensando no ponto essencial para as companhias que é focar no ganho de produtividade. Isso mostra que nesse ano ainda, a preocupação com as transformações diruptivas são uma das prioridades para as empresas. Além disso, 84% das organizações querem ampliar os treinamentos e formação de seus funcionários, para que estejam mais preparadas para lidar com desafios do novo mercado. Ainda de acordo com a pesquisa, em 2021, 82% das empresas pretendem lançar produtos ou serviços, 96% manterão ou aumentarão os investimentos em infraestrutura e 95% em gestão de dados e novas soluções. 

Mas o grande desafio é saber: todo esse investimento foi e continuará sendo aplicado da melhor forma pelas companhias?

A Deloitte tem capturado essa tendência no Brasil e no mundo, especialmente nesta fase dos impactos da pandemia, e aponta como um fator muito crítico para o sucesso desses investimentos a necessidade de as empresas focarem em um bom planejamento, principalmente com os previstos em 2021. Isso deve ocorrer de forma inteligente, para a criação de projetos eficientes e novas ações que gerem os resultados esperados. Por esse motivo, criou o Centro de Excelência em Capital Projects, uma iniciativa que já existe em outros países, ajudando as companhias a promover transformação digital, construção e renovação de parques fabris, bem como novas visões na gestão de insumos, de estoques e em uma diversidade de processos essenciais. Com profissionais especializados no assunto, que utilizam as tecnologias mais avançadas, e que possuem uma visão internacional dos negócios, o centro de excelência irá auxiliar empresários a utilizarem seus investimentos da melhor forma.

O CoE aponta como prioridades neste momento, seguem abaixo:

Aumentar a produtividade: diminuir o tempo para realização dos projetos e diminuir o gasto com eles;

Otimização da operação de ativos: fazer o máximo gastando o mínimo;

Segurança e sustentabilidade: prevenir riscos nos negócios e aplicar os índices de ESG para o cenário de sustentabilidade;

Maximização do retorno CAPEX: realizar os projetos já pensando no retorno que aquele investimento trará.

A "Agenda 2021" mostrou ainda alguns dos principais problemas vistos pelas empresas para fazer os projetos saírem do papel em 2021: imprevisibilidade do potencial de geração de receita, imprevisibilidade dos riscos de operação que impactam o projeto além das receitas, falta de mão de obra qualificada fundamental para o projeto e custo de capacitação para financiar o projeto.

A Deloitte mostra a importância que essas práticas têm na geração de resultados e, por meio do Centro de Excelência em Capital Projects apoia e guia as empresas a um caminho produtivo ao longo do cenário imprevisível dos próximos anos.

Foto: Divulgação

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Veja também:

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

Mundo Facility

Tishman Speyer inicia operação como gestora de fundos imobiliários

Primeiro imóvel a integrar a carteira será edifício-sede da DuPont, em Alphaville

Mundo Facility

Por que me contratar?

Talentos para início imediato na área de Facilities Management - 6ª edição

Mundo Facility

A biossegurança é o caminho para a convivência com a pandemia

"... as empresas precisam rever o papel do FM dentro de seus quadros. Vejo uma onda de 'trocas' de equipe por conta de custos..."

Mundo Facility

Mosaic Fertilizantes incentiva protagonismo feminino na mineração

À frente de diversas iniciativas no setor, companhia tem o objetivo de, até 2025, ter 30% de mulheres em cargos de liderança

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

Tishman Speyer inicia operação como gestora de fundos imobiliários

Primeiro imóvel a integrar a carteira será edifício-sede da DuPont, em Alphaville

Mundo Facility

Por que me contratar?

Talentos para início imediato na área de Facilities Management - 6ª edição

Mundo Facility

A biossegurança é o caminho para a convivência com a pandemia

"... as empresas precisam rever o papel do FM dentro de seus quadros. Vejo uma onda de 'trocas' de equipe por conta de custos..."

Mundo Facility

Mosaic Fertilizantes incentiva protagonismo feminino na mineração

À frente de diversas iniciativas no setor, companhia tem o objetivo de, até 2025, ter 30% de mulheres em cargos de liderança