Petros adota home office ´híbrido´ e decide mudar de sede para economizar R$ 3,1 milhões

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Petros adota home office ´híbrido´ e decide mudar de sede para economizar R$ 3,1 milhões

Redução do custo administrativo está relacionado a despesas de manutenção e reformas estruturais

Após 23 anos no Edifício Petros, empreendimento de 10 andares na Rua do Ouvidor, no Centro do Rio, a Petros vai mudar de sede e passará a ocupar dois andares do Edifício Porto Brasilis, também na região central da cidade. A transferência reduzirá o custo administrativo anual em aproximadamente R$ 3,1 milhões nos próximos 15 anos, devido a menores despesas de manutenção, como recepção, segurança e limpeza. Além disso, evitará o gasto de R$ 9,3 milhões previstos para os próximos dois anos em reformas estruturais necessárias para a manutenção da sede atual.

A mudança deverá ocorrer em dezembro, juntamente com outra importante medida de eficiência administrativa: a adoção do home office híbrido, inicialmente para 40% da força de trabalho. Isso porque, no novo espaço, as estações serão compartilhadas e os empregados poderão alternar dias de trabalho em casa com outros no escritório, o que deverá reduzir custos e locomoção. Importante notar que, desde o início da pandemia, a Petros está integralmente em home office.

"Esta mudança de sede marca um novo momento da nossa empresa, que passa por um profundo processo de transformação, em busca de redução de custos e transparência. O home office também é mais um importante passo da nova cultura que se quer estabelecer na Petros", destaca o presidente da Petros, Bruno Dias.

Antes da decisão ser tomada, a Petros realizou uma pesquisa com os empregados, em que 71% consideraram produzir mais em home office e que desejariam a manutenção desse modelo. Com isso, a Fundação pode diminuir o espaço físico e reduzir ainda mais seus custos administrativos.

"A continuidade do home office de forma flexível após o retorno ao escritório representa também um importante passo na direção de modernização de nossas práticas, incorporando um modelo que é uma realidade no Brasil e no mundo, praticado por diversas empresas e que comprovadamente estimula a produtividade das equipes, além de proporcionar maior qualidade de vida", reforça o diretor de Riscos, Administração e Finanças da Petros, Leonardo Moraes.

A nova organização do ambiente de trabalho também vai fortalecer o processo de mudança cultural na Petros. Para tanto, foi adotado um conceito aberto, tendo sido eliminadas as salas individuais da diretoria, que passará a ficar junto das equipes em um mesmo espaço, proporcionando mais transparência e integração dos profissionais.

Melhor custo-benefício

A decisão sobre a mudança foi tomada após uma ampla análise de mercado com o objetivo de reduzir gastos administrativos e proporcionar ganhos para o negócio e, consequentemente, para os participantes.

Como parte da análise de mercado, foram avaliados o preço e a disponibilidade de 13 imóveis para a nova sede, entre eles três do portfólio da Petros. Nove deles passaram para uma segunda etapa de análise, e o Edifício Porto Brasilis foi o que apresentou o melhor custo-benefício.

Como o Porto Brasilis é um dos ativos imobiliários da Petros, a ocupação de dois de seus andares gerará, além da redução dos custos administrativos, um retorno de R$ 1,76 milhão por ano à carteira de imóveis. O valor será contabilizado no PPSP-R e no PPSP-NR, planos em que o imóvel está alocado. Atualmente, o prédio registra cerca de 80% de vacância e a expectativa é que a mudança da Petros inicie um ciclo virtuoso, aumentando a atratividade comercial do edifício. O Edifício Petros, também de propriedade da Fundação, integra a lista de ativos imobiliários para desinvestimento da Petros e atualmente está alocado no PGA (Plano de Gestão Administrativa).

​Foto: Divulgação

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

Mundo Facility

Somos Essenciais

Campanha da Febrac valoriza serviços especializados de limpeza e conservação

Mundo Facility

Como a pandemia afetou a saúde mental?

Qual o papel dos gestores de Facilities no bem-estar das pessoas e na adaptação dos novos espaços de trabalho?

Mundo Facility

Oportunidades profissionais em Facility Management

De estagiário à gerente, empresas como Amazon, Votorantim Cimentos, Sodexo e Hilton Hotel contratam em São Paulo e região

Mundo Facility

Sistema de resgate para elevadores atende até 3 quedas consecutivas de energia

Segundo a Schmersal, o Angel possui a tecnologia mais moderna utilizada em sistemas que exigem garantia do funcionamento com confiabilidade

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

Somos Essenciais

Campanha da Febrac valoriza serviços especializados de limpeza e conservação

Mundo Facility

Como a pandemia afetou a saúde mental?

Qual o papel dos gestores de Facilities no bem-estar das pessoas e na adaptação dos novos espaços de trabalho?

Mundo Facility

Oportunidades profissionais em Facility Management

De estagiário à gerente, empresas como Amazon, Votorantim Cimentos, Sodexo e Hilton Hotel contratam em São Paulo e região

Mundo Facility

Sistema de resgate para elevadores atende até 3 quedas consecutivas de energia

Segundo a Schmersal, o Angel possui a tecnologia mais moderna utilizada em sistemas que exigem garantia do funcionamento com confiabilidade