Carpetes e qualidade do ar interno

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Carpetes e qualidade do ar interno

[Vitrine Facilities] Pesquisa da Universidade de Harvard mostra que diminuir as micropartículas nocivas à saúde humana transportadas pelo ar pode reduzir complicações graves de Covid-19

O cuidado com a Qualidade do Ar Interno (QAI) dos ambientes corporativos e comerciais não é uma rotina nova para a comunidade de facilities. Mas, quando os colaboradores retornam, gradualmente, aos escritórios, ainda durante a pandemia do novo coronavírus, este cuidado assume nova relevância, na medida em que é responsabilidade dos gestores de facilities criar espaços seguros para os que reassumem o trabalho presencial.

Pesquisa da Universidade de Harvard mostra que diminuir as micropartículas nocivas à saúde humana transportadas pelo ar pode reduzir complicações graves de Covid-19.

Mais ainda, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu um alerta que a comunidade científica vinha fazendo há algum tempo: a transmissão do novo coronavírus pelo ar. Entre os cientistas que já estavam de olho nessa possibilidade estão pesquisadores da startup Omni-electronica, residente na incubadora USP-IPEN-Cietec.

Desde junho, os especialistas vêm realizando testes no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) para investigar a presença aérea do Sars-CoV-2 no ambiente hospitalar. Segundo Arthur Aikawa, CEO da Omni-electronica e responsável pelo estudo, os pesquisadores conseguiram capturar o Sars-CoV-2 suspenso no ar. As análises, no entanto, são animadoras: a ventilação adequada desses locais pode reduzir o risco de contaminação pelo agente infeccioso.

Isso significa que, quando se trata de manter a saúde e a segurança dos colaboradores, a QAI deve ser uma prioridade para os facilities - e melhorar a QAI começa com os carpetes.

Carpetes e QAI

O carpete atua como um filtro, absorvendo poeira, pelos, pólen, detritos e compostos orgânicos voláteis (COVs). Porém, sem higienização regular, essas partículas podem ser transportadas pelo ar e passar a circular nos ambientes fechados.

O contato de bactérias e poluentes com o sistema respiratório dos colaboradores aumenta a possibilidade de desenvolverem alergias que podem resultar em tosse, respiração ofegante, irritação nos olhos e asma. E isso, antes mesmo dos sintomas de COVID-19 entrarem na mistura.

Manter os carpetes higienizados não só cria um espaço agradável e esteticamente atraente, como também pode significar a diferença entre uma força de trabalho saudável e outra mais vulnerável à doenças que geram absenteísmo e afetam a produtividade.

Quatro passos para os colaboradores se sentirem seguros no retorno ao trabalho presencial

Os responsáveis pela garantia da limpeza e higienização de espaços comerciais e corporativos devem concentrar atenção extra nos carpetes e em outras superfícies porosas, como divisórias e estofados. Além de manter a saúde dos ocupantes, este cuidado resulta na manutenção e prolongamento da vida útil dessas superfícies.

Confira as quatro etapas obrigatórias para melhorar a qualidade do ar interno dos ambientes e ajudar os colaboradores a se sentirem seguros:

Higienização profunda dos têxteis usando sistema a seco. Além da aspiração de rotina, deve-se considerar a contratação de técnicos profissionais, especializados em higienização de carpetes com polímeros secos e não por extração úmida. A limpeza à base de água, não apenas desperdiça energia e recursos, mas também pode deixar os carpetes ligeiramente molhados e com maior probabilidade de gerar mofo e desenvolver odores desagradáveis.

Em comparação com os métodos de extração úmida, a limpeza a seco do carpete causa menos estresse nas fibras, reduz em até 99% os poluentes atmosféricos típicos e demanda curto tempo de inatividade, deixando os carpetes prontos para uso, quase imediatamente.

A sujeira fica do lado de fora. As pessoas, em geral, não imaginam a quantidade de sujeira que trazem para dentro dos espaços internos, todos os dias. Resíduos invisíveis que entram pela porta, trazidos pelas solas dos calçados e que se espalham, imperceptivelmente, por todo o ambiente.

Quanto seria possível economizar na limpeza dos pisos e, especificamente, de carpetes se fosse possível reduzir essa sujidade, sem interferir no fluxo de pessoas?

É possível e a milliCare pode ajudar.

Mais de 80% da sujidade dos pisos e dos carpetes vêm de fora, mas esse índice pode ser drasticamente reduzido com a instalação de Barreiras de Contenção.

Barreiras de Contenção são áreas cujo piso é protegido por um revestimento especial, com a capacidade de reter a sujeira e umidade trazidas pelas solas dos sapatos, minimizando este impacto no ambiente.

Para determinar a solução mais eficiente para cada tipo de espaço, a equipe técnica da milliCare avalia a planta, dividindo-a em três áreas distintas, desde a parte de fora do imóvel, até as áreas de maior tráfego, no ambiente interno.

Agindo como uma cadeia de proteção, cada uma dessas áreas funciona como uma etapa específica da retenção dos detritos e umidade, criando uma Barreira de Contenção que minimiza a disseminação da sujidade no ambiente.

O ideal é que as áreas de instalação das Barreiras de Contenção estejam definidas desde o projeto arquitetônico, mas um estudo e implementação podem ser realizados, a qualquer momento, após a construção e plena operação do empreendimento.

Comunicação frequente e clara. As pessoas podem não perceber como os carpetes limpos são importantes para a saúde geral, principalmente em uma época de preocupações com a Covid-19. O gestor deve compartilhar informações sobre porque está tornando prioritária a limpeza dos carpetes para melhorar a QAI, com transparência a fim de estabelecer a confiança.

Para atestar a qualidade ambiental de seus serviços, a milliCare é parceira de laboratórios credenciados e está habilitada a fornecer análises microbiológicas das superfícies tratadas, comprovando a redução dos níveis de biopoluentes, e certificados que podem ser afixados nos ambientes, garantindo a QAI.

Frequência de limpeza do carpete. Cada área de um espaço acarpetado tem um fluxo e padrão de tráfego diferente. É preciso mapear as frequências apropriadas para aspiração, limpeza local, limpeza profunda e limpeza restauradora.

Novamente, a milliCare pode ajudar trabalhando com gestores para determinar os horários e soluções de limpeza e higienização de todos os ambientes. Também, podem ser avaliadas outras superfícies porosas, como divisórias revestidas de tecido e móveis estofados, fornecendo feedback sobre como evitar que esses itens fiquem tão sujos que liberem, em vez de coletar, poluentes.

No momento em que todos estão tentando recuperar o senso de normalidade em um mundo abalado pelo COVID-19, o cuidado com qualidade do ar interno é absolutamente fundamental. O carpete é um aliado poderoso neste processo. Basta mantê-lo higienizado adequadamente.

Foto: Divulgação

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

Mundo Facility

Somos Essenciais

Campanha da Febrac valoriza serviços especializados de limpeza e conservação

Mundo Facility

Como a pandemia afetou a saúde mental?

Qual o papel dos gestores de Facilities no bem-estar das pessoas e na adaptação dos novos espaços de trabalho?

Mundo Facility

Oportunidades profissionais em Facility Management

De estagiário à gerente, empresas como Amazon, Votorantim Cimentos, Sodexo e Hilton Hotel contratam em São Paulo e região

Mundo Facility

Sistema de resgate para elevadores atende até 3 quedas consecutivas de energia

Segundo a Schmersal, o Angel possui a tecnologia mais moderna utilizada em sistemas que exigem garantia do funcionamento com confiabilidade

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

Somos Essenciais

Campanha da Febrac valoriza serviços especializados de limpeza e conservação

Mundo Facility

Como a pandemia afetou a saúde mental?

Qual o papel dos gestores de Facilities no bem-estar das pessoas e na adaptação dos novos espaços de trabalho?

Mundo Facility

Oportunidades profissionais em Facility Management

De estagiário à gerente, empresas como Amazon, Votorantim Cimentos, Sodexo e Hilton Hotel contratam em São Paulo e região

Mundo Facility

Sistema de resgate para elevadores atende até 3 quedas consecutivas de energia

Segundo a Schmersal, o Angel possui a tecnologia mais moderna utilizada em sistemas que exigem garantia do funcionamento com confiabilidade