Lei proíbe o fornecimento de descartáveis de plástico

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Lei proíbe o fornecimento de descartáveis de plástico

Estabelecimentos comerciais paulistanos poderão utilizar apenas produtos alternativos

O prefeito Bruno Covas sancionou nesta segunda-feira, dia 13 de janeiro, a lei que proíbe o fornecimento de produtos descartáveis feitos de plástico em estabelecimentos comerciais na cidade de São Paulo.

Segundo ele, o compromisso ambiental é um compromisso ético desta geração com as futuras gerações. "A lei que proibiu os canudos plásticos preparou a população e mostra que é viável que outras leis como essa venham. Essa sanção social vem com uma mudança de padrão para evitar a explosão dos gases de efeito estufa presentes nos aterros sanitários", destacou Covas.

De acordo com o texto aprovado pela Câmara Municipal no dia 10 de dezembro de 2019, fica proibido o fornecimento de copos, pratos, talheres, agitadores para bebidas e varas para balões descartáveis feitos de material plástico aos clientes de hotéis, restaurantes, bares e padarias, entre outros estabelecimentos comerciais.

A legislação também se aplica aos espaços para festas infantis, clubes noturnos, salões de dança, eventos culturais e esportivos de qualquer espécie. Nos espaços para festas infantis deverão ser oferecidas alternativas seguras, como pratos de papel e copos de plástico reutilizáveis.

Em substituição aos produtos de plástico descartáveis poderão ser fornecidos outros com as mesmas funções elaborados com materiais biodegradáveis, compostáveis e/ou reutilizáveis. O objetivo é incentivar a reciclagem de materiais e impulsionar a transição para uma economia circular, cujo modelo de negócio e desenvolvimento econômico é alternativo ao linear (extrair, produzir e descartar).

A lei entra em vigor a partir de 1 de janeiro de 2021. As penalidades para quem não obedecer as novas regras vão de advertência e intimação para regularizar a atividade (após a primeira autuação) até multa e fechamento administrativo do estabelecimento (após sexta autuação).

Fonte: ​Secretaria Especial de Comunicação da Prefeitura de São Paulo

Foto: Divulgação

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

Mundo Facility

Entenda como funciona o sistema de amortecimento do maior residencial da América Latina

Pela primeira vez utilizado em empreendimento residencial no Brasil, o Outrigger garante amortecimento superior ao exigido em edificações

Mundo Facility

Desonerar a gestão da ocupação pública é meta do Ministério da Economia

Estimativas do Governo apontam que contratos integrados de FM podem gerar redução de gastos na casa de bilhões de reais por ano

Mundo Facility

Hospital Santa Catarina amplia e moderniza Centro Cirúrgico

Projeto durou 18 meses e foram investidos cerca de R$ 10,5 milhões; expectativa é crescer quase 10% no volume de cirurgias em 2020

Mundo Facility

BIM da Suvinil supera 7 mil downloads em menos de seis meses

Metodologia é importante para otimização de desempenho e economia de recursos de projetos

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

Entenda como funciona o sistema de amortecimento do maior residencial da América Latina

Pela primeira vez utilizado em empreendimento residencial no Brasil, o Outrigger garante amortecimento superior ao exigido em edificações

Mundo Facility

Desonerar a gestão da ocupação pública é meta do Ministério da Economia

Estimativas do Governo apontam que contratos integrados de FM podem gerar redução de gastos na casa de bilhões de reais por ano

Mundo Facility

Hospital Santa Catarina amplia e moderniza Centro Cirúrgico

Projeto durou 18 meses e foram investidos cerca de R$ 10,5 milhões; expectativa é crescer quase 10% no volume de cirurgias em 2020

Mundo Facility

BIM da Suvinil supera 7 mil downloads em menos de seis meses

Metodologia é importante para otimização de desempenho e economia de recursos de projetos