Com 9 marcas próprias, InBetta fala como a gestão da segurança impactou todo o negócio

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Com 9 marcas próprias, InBetta fala como a gestão da segurança impactou todo o negócio

Companhia investiu em planejamento, tecnologia e personalização de indicadores para controlar: pátio, fornecedores, prestadores de serviço, refeitório e gestão de pessoas

Empresas que crescem de forma exponencial já investem na segurança do negócio, como é o caso da InBetta, holding que reúne 9 grandes empresas, marcas como: Bettanin; Atlas; Sanremo; Lots; Ordene; Super Pro Bettanin; Lanossi beauty & care; Bettech; Sandene. 

A companhia, que tem matriz no Rio Grande do Sul, é responsável pela produção de 4.500 produtos diferentes.

"Totalizamos cerca de 50.000.000 de unidades por mês, comercializados em todo  o Brasil e exportados para mais de 50 países. São mais de 2.900 profissionais trabalhando em toda Inbetta", fala Wiliam Faria, Coordenador de Segurança Patrimonial na InBetta.

Empresas que crescem de forma exponencial já investem na segurança do negócio, como é o caso da InBetta, holding que reúne 9 grandes empresas, marcas como: Bettanin; Atlas; Sanremo; Lots; Ordene; Super Pro Bettanin; Lanossi beauty & care; Bettech; Sandene. 

A companhia, que tem matriz no Rio Grande do Sul, é responsável pela produção de 4.500 produtos diferentes. "Totalizamos cerca de 50.000.000 de unidades por mês, comercializados em todo o Brasil e exportados para mais de 50 países. São mais de 2.900 profissionais trabalhando em toda Inbetta", fala Wiliam Faria, Coordenador de Segurança Patrimonial na InBetta.

Atualmente o Grupo tem empresas que atuam em segmentos diferentes: higiene e beleza, organização, conservação, limpeza, acabamento e pintura de superfícies, linha profissional. Cada empresa possui suas próprias marcas de produtos e tem liberdade de atuação em seus mercados, mas todas seguem os conceitos corporativos da InBetta.

Para realizar a gestão de segurança do negócio a empresa já atuava com um software entre os anos de 2013 e 2017, porém apesar do investimento em tecnologia, a solução usada na ocasião não viabilizava integrações, o que não era compatível com equipamentos inovadores utilizados como pela própria InBetta.

"Esse ponto acaba sendo um risco para o negócio. Nos limitava muito em questão de gestão, controle e performance", explica Wiliam.

A grande virada - Entre 2017 e 2018 a empresa realizou um levantamento de necessidades, algo que os direcionou para um software que pudesse oferecer melhores níveis de gestão, controle, supervisão, indicadores, relatórios etc. Por meio de um RFI com mais de 245 pré-requisitos, a Senior Sistemas ficou em primeiro lugar entre todas as empresas participantes, com mais de 95% de aderência.

A partir da parceria com a Senior nasceu uma nova era para os negócios da InBetta. Por meio do Ronda a empresa já deu início ao controle de todas as permissões de acesso de acordo com setor, cargo, faixa, horário e local. E, quanto aos visitantes, também inseriu o mecanismo de identificação para visitantes comerciais, prestadores de serviço e equipes de carga e descarga.

Outro ponto reavaliado pela empresa foi a gestão de indicadores. "Trabalhamos além da leitura de crachás. Conseguimos ler a quantidade de produtividade, acessos, dados de período e volume de trânsito de pessoas", complementa Wiliam.

Gestão de refeitórios - O controle do acesso nos refeitórios passou a ser feito de forma mais controlada e organizada, um olhar que contribuiu, inclusive, com o período de pandemia.

Com essa organização e com o apoio do Ronda, hoje a InBetta consegue gerar um relatório de forma automática que contribui para a assertividade no controle de consumo no refeitório. "Também oferecemos outras customizações, como é o caso de reservas de refeições. A flexibilidade entregue pela nossa camada de personalização de telas, regras de negócio, indicadores e relatórios trouxeram muitos ganhos para InBetta", destaca Jeremias Volpi, Head da Filial Rio Grande do Sul da Senior Sistemas.

Segundo Wiliam Faria, Coordenador de Segurança Patrimonial da InBetta, ao fim de cada carga horária essas marcações vão como um relatório para o RH de forma detalhada e separada por empresa do Grupo. Um auxilio que contribui com a gestão de insumos, viabilizando a programação de todo estoque de alimentos que deverá ser disponibilizado no outro dia.

Gestão de pessoas e segurança do trabalho - Os centros fabris da InBetta ficam localizados em Esteio, Rio Grande do Sul e, a fábrica Sandene, em Pernambuco, Grande Recife. Em ambos os casos a empresa atua com a participação de diversos funcionários que usam de fretados e veículos próprios para chegar ao local, além do acesso de visitantes e prestadores de serviços.

Para realizar a gestão dos prestadores de serviço, a tecnologia Ronda tem sido essencial, especialmente no que diz respeito a atualização de documentos, algo que normalmente tomava muito tempo das portarias.

"Precisamos ver a segurança patrimonial e controle de acesso como uma prevenção de riscos para a segurança do negócio como um todo. A falta de uma gestão de controle eficiente pode trazer danos para empresa como, por exemplo: questões trabalhistas, no caso de acessos de pessoas que estão afastadas. Este controle contribui também com a gestão de perdas, controle de estoque e de quem acessa a essas áreas, tempo de permanência etc.", destaca o Coordenador de Segurança Patrimonial da InBetta.

Acesso de terceiros - No caso das empresas contratadas, as companhias recebem um alerta para que possam atualizar os documentos de seus colaboradores a cada 15 dias.

"Foi uma questão que conseguimos extrair da própria ferramenta Ronda e que foi muito assertiva para nós. Isso porque a empresa possui um movimento muito grande de prestadores de serviço, carga e descarga. Com este publico temos ainda a questão do alinhamento sobre onde é possível transitar ou não dentro da empresa", explica Wiliam Faria.

Gestão da segurança & Mudança de cultura - Para a InBetta a troca da solução para o Ronda Senior implicou também em mudança de cultura. Por esta razão a empresa teve 3 meses de acompanhamento de um consultor Senior, que viveu toda realidade do negócio na prática.

"O papel do consultor foi fundamental para entendimento da rotina e alinhamento de todos os processos. Uma atenção que foi ponto de alto valor na chegada da Senior na nossa empresa", reforça o especialista da Inbetta.

"Nosso Time de Projetos atuou em parceria com o Cliente, identificando suas necessidades técnicas, acrescendo as melhores práticas de mercado e todas as facilidades do Ronda, sempre pensando no sucesso do Cliente e a gestão de mudança.", salienta Jeremias Volpi.

Hoje a InBetta tem o controle de 48 equipamentos de acesso e segurança, entre catracas, torniquetes, leitores de porta, e 2.930 profissionais com perfis de acesso de acordo com local e cargos. A média de acessos a empresa é de 1.653 profissionais por dia. Tudo isso em 6 portarias com controles específicos, além dos 11.368 acessos de terceiros.

Para agregar mais tecnologia e personalização de indicadores ao controle da sua empresa, clique aqui.

Fotos: Divulgação.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

Mundo Facility

Salvador Bahia Airport conquista certificação sanitária do ACI

O aeroporto é o primeiro do nordeste a receber a acreditação

Mundo Facility

Prefeitura de São Paulo sanciona lei que propõe incentivos fiscais para retrofit de prédios

Programa Requalifica Centro quer impulsionar a requalificação para o uso habitacional

Mundo Facility

Brasilux Tintas lança linha Brasifire que retarda propagação do fogo

[Vitrine Facilities] Produtos proporcionam mais segurança em caso de incêndios

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

TROX é reconhecida por contribuir com a proteção da camada de ozônio

Reafirmando a conduta como uma indústria sustentável

Mundo Facility

Salvador Bahia Airport conquista certificação sanitária do ACI

O aeroporto é o primeiro do nordeste a receber a acreditação

Mundo Facility

Prefeitura de São Paulo sanciona lei que propõe incentivos fiscais para retrofit de prédios

Programa Requalifica Centro quer impulsionar a requalificação para o uso habitacional

Mundo Facility

Brasilux Tintas lança linha Brasifire que retarda propagação do fogo

[Vitrine Facilities] Produtos proporcionam mais segurança em caso de incêndios