Lideranças têm grandes desafios em tempos de coronavírus

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo
 

Lideranças têm grandes desafios em tempos de coronavírus

Especialista indica as principais competências para enfrentar o momento, preservando os colaboradores e o negócio

Diante da crise social e econômica instalada pela propagação do novo coronavírus em todo o mundo, as empresas precisam se posicionar. Isso significa tomar medidas para a proteção de seus colaboradores e contenção da doença, mas também definir plano de contingência, soluções para eventuais perdas de produtividade dos profissionais em home office, paralisar turnos e plantas, rever metas e projetos. Ou seja, as lideranças têm grandes desafios neste momento para resguardar tanto as pessoas quanto o negócio, o que exige dos gestores uma série de habilidades e diferenciais.

De acordo com o CEO headhunter da Prime Talent, David Braga, o cenário atual envolve competências como capacidade para tomada de decisão rapidamente, bem como resiliência e criatividade para traçar novos caminhos. "É preciso cuidar dos colaboradores e evitar que o vírus se espalhe ainda mais rapidamente. Ter consciência para não subestimar o problema, mas avaliar as possibilidades de cada empresa. Como continuar a entregar bons resultados, sem prejuízo à saúde?", argumenta.

Os líderes terão a difícil missão de responder esse e outros questionamentos. Por isso, Braga, que é especialista na busca e seleção de executivos de média e alta gestão, reforça a importância de os profissionais atuarem com um grande controle emocional e de persuasão, além de serem transparente e desenvolverem ações para garantir a boa comunicação de todos os novos processos com os colaboradores e clientes.

David Braga, CEO e headhunter da Prime Talent

Fotos: Divulgação

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

Sugestão da redação

A gestão de shopping centers como investimento promissor

Entenda como Mia Stark, CEO da Gazit Brasil, foi capaz de transformar um negócio desacreditado em bem-sucedido, conquistando o título de empresa unicórnio

Entre Nós

Deixar este editorial diferente pela primeira vez, em 21 anos...

O sabor da inovação no food service

Com aproximadamente 4 anos de existência, mercado de Food Service investe em cozinhas coletivas e restaurantes virtuais para expansão dos serviços de delivery de comida

Estudo Global de Tendências de Talentos 2020

Mercer identifica quatro tendências para as empresas "vencerem com empatia" num ambiente de mudanças rápidas na forma como trabalhamos

Matérias líderes de audiência

A gestão de shopping centers como investimento promissor

Entenda como Mia Stark, CEO da Gazit Brasil, foi capaz de transformar um negócio desacreditado em bem-sucedido, conquistando o título de empresa unicórnio

Entre Nós

Deixar este editorial diferente pela primeira vez, em 21 anos...

O sabor da inovação no food service

Com aproximadamente 4 anos de existência, mercado de Food Service investe em cozinhas coletivas e restaurantes virtuais para expansão dos serviços de delivery de comida

Estudo Global de Tendências de Talentos 2020

Mercer identifica quatro tendências para as empresas "vencerem com empatia" num ambiente de mudanças rápidas na forma como trabalhamos